Buscar
  • Dr. Denis Riccardi

Cirurgia Bariátrica e o excesso de pele

Com a realização da cirurgia bariátrica é esperado uma grande perda de peso e, com essa perda, é normal surgir excesso de pele em algumas regiões do corpo, como abdômen, braços, pernas, seios, costas e nádegas, que deixam o corpo com uma aparência mais flácida e com a silhueta pouco definida.

Sabemos que o desejo de nossas pacientes que se submetem a este procedimento é a correção do excesso de pele.



Muitas vezes é necessário combinar as cirurgias e realizá-las em algumas etapas, visando a segurança da paciente e melhores resultados. Nestes casos a cirurgia é considerada REPARADORA, e seu custo é/deve ser coberto pelos planos de saúde.

A cirurgia de retirada do excesso de pele, além de devolver a autoestima para a paciente, busca reparar dermatites de contato nas dobras e facilitar a mobilidade da paciente.


As cirurgias reparadoras podem ser realizadas quando cumprirem os seguintes requisitos:

- Estar com o peso estabilizado (1 ano);

- Não apresentar tendência para voltar a engordar (se houver novo engorde, a flacidez retornará);

- Manter uma vida saudável (a prática de atividades físicas e uma boa alimentação são fundamentais para resultados duradouros).

Gostou? Então manda para aquela pessoa que tem interesse no assunto!

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo